Destaques

Biografia de Santa Efigênia

Efigênia ou Ifigênia foi a primeira mulher africana a se tornar santa no início do cristianismo. Ela era filha de Eufenisa e Eggipus, reis da Núbia, Africa.

Foi convertida pelo apóstolo São Mateus e, com ele, foi responsável pela difusão do cristianismo na Etiópia, país que fica no nordeste da África.
O hábito de Santa Efigênia
O hábito ou túnica marrom de Santa Efigênia é um hábito que lembra o das carmelitas. Acontece que desde os primórdios do cristianismo, e mesmo antes de Cristo, um grupo de pessoas cultivava a espiritualidade do Profeta Elias, que tem sua origem no Monte Carmelo. A maioria desses ‘carmelitas’ aderiu ao cristianismo e alguns deles chegaram à Etiópia junto com São Mateus para anunciar o Evangelho. A espiritualidade desse grupo influenciou Efigênia e ela passou a usar o hábito marrom que eles usavam. Este hábito significa pobreza, desapego dos bens materiais, profunda espiritualidade e sinal de consagração a Deus.

Osanta-efigenia véu preto de Santa Efigênia O véu preto simboliza os votos perpétuos feitos por Santa Efigênia, entregando humildemente sua vida a Deus na castidade, na pobreza e na obediência.
O véu branco de Santa Efigênia- Este véu branco significa a virgindade da santa. Nos votos que ela fez, ela ofereceu a Jesus Cristo sua virgindade, como sinal de amor a Deus e de serviço aos pobres.

Condenada a morte- sacerdotes pagãos Sabendo das pregações de São Mateus e da crença da Princesa Efigênia, começaram a mentir afirmando que S.Mateus insultava seus deuses e convenceram o Rei de que os deuses só se acalmariam se oferecessem Efigênia em sacrifício. Ela deveria ser oferecida por meio de um “incêndio sagrado”.
Os sacerdotes prepararam e acenderam a fogueira no formato de um trono. Quando as chamas subiram, Efigênia ergueu a voz, invocando, o nome poderoso de Jesus. Então, um anjo veio do céu, arrancou Efigênia das mãos inimigas

Quando Hirtaco seu Tio sucedeu o pai da santa no trono, prometeu que daria metade de seu reino ao Apóstolo caso persuadisse a filha do falecido monarca a se casar com ele.

São Mateus, não concordou permitir que a jovem virgem se casasse com tio o , pois ela fora consagrada ao Senhor. Enfurecido, Hirtaco então mandou seus homens matarem São Mateus aos pés do altar, o que o tornou mártir da fé católica.

Destruiu o mosteiro Após a morte de São Mateus, o rei tentou destruir a casa de Ifigênia, que vivia com duzentas companheiras, como ela dedicadas à oração e à penitência, incendiando-a. Entretanto, o apóstolo apareceu e expulsou as chamas do lugar, voltando-as em direção ao palácio real. Completando o castigo divino, o filho de Hirtaco ficou possesso pelo demônio e o próprio rei contraiu a lepra.

Ordem dos céus a Santa Efigênia
Em seu zelo pela pregação do Evangelho, Efigênia teve a seguinte revelação: “Efigênia, se pretendes saber o modo conveniente de me servires, conforme a minha Divina Vontade, faz-te generalíssima de um exército de Virgens pobres,

Devoção à Santa Efigênia
Ao chegar o momento de sua morte, Santa Efigênia teve um aviso de Deus e isto, para ela, foi motivo de grande alegria. Então, ela doou tudo o que ainda tinha de seu. Logo, uma doença tomou seu corpo. Ela recebeu os sacramentos e esperou sua morte em paz. Esta chegou e a levou para o céu, junto a Jesus Cristo que ela amava e a São Mateus, que a tinha evangelizado.
Ifigênia morreu bem idosa, vendo o Evangelho espalhar-se pelos reinos vizinhos. Perto havia um reino, Abissínia, cujo rei, Elesbão, também se converteu a fé cristã, e é venerado como santo pela Igreja Católica.

Santa Efigênia é invocada como protetora contra incêndios, como padroeira dos militares e como auxiliadora de quem precisa da casa própria.

 

Artigos Relacionados

Recomendamos este Artigo

Close
error: Content is protected !!
Close